ESTRABISMO

 

O que é Estrabismo?

Estrabismo é uma alteração ocular em que os olhos deixam de ser paralelos, ficando desalinhados, apontando para direções diferentes. Esse desvio pode ser constante ou ocorrer esporadicamente. Um dos olhos poderá estar direcionado para frente, enquanto o outro desvia para dentro, para fora, para cima ou para baixo.

O estrabismo é mais freqüente entre as crianças, mas pode ocorrer também nos adultos. Alguns casos tem caráter familiar. Nos adultos pode ocorrer em doenças neurológicas, diabetes, doenças de tiróide, tumores cerebrais, traumas, entre outras.

 

Causas

O estrabismo pode ser causado por disfunções musculares, hipermetropia, condições cerebrais, trauma ou infeções. Entre os fatores de risco estão o parto prematuro, paralisia cerebral ou antecedentes familiares da condição.O estrabismo está classificado em três tipos: esotropia, em que os olhos se cruzam; exotropia, em que os olhos divergem; e hipertropia, em que os olhos se encontram desalinhados verticalmente.

Sinais e sintomas

O principal sintoma de estrabismo é o fato de os olhos não se manterem paralelos. São outros sintomas do estrabismo a visão dupla, embaçamento visual, entortar a cabeça para ver, piscar constantemente entre outros.

Caso haja suspeita, são necessários exames oftalmológicos para determinar sua causa e iniciar o tratamento imediatamente.

Diagnóstico

Um teste importante para tal diagnóstico é o Teste do Reflexo. Ele avalia se o foco de luz está centralizado nas duas pupilas. Também podem ser feitos testes de acuidade visual, de oclusão e de fundo de olho, além de uma avaliação do movimento ocular.

Tratamento

O tratamento depende do tipo de estrabismo e da causa subjacente. O tratamento mais comum consiste na utilização de óculos e, em alguns casos, de cirurgia corretiva. Em alguns tipos de estrabismo pode haver benefícios numa cirurgia na fase inicial da doença. O estrabismo afeta cerca de 2% das crianças.

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ESTRABISMO”