CERATOCONE

O que é Ceratocone?

 O Ceratocone também é chamado de distrofia contínua progressiva e consiste no afinamento da região central da córnea. Com isso, a córnea começa a ficar abaulada, ou seja, com um formato de cone.

De acordo com Conselho Brasileiro de Oftalmologia, trata-se de uma condição rara, que acomete de 4 a 600 pessoas em cada 100.000. O mais comum é que a doença apareça ainda na adolescência, entre 13 e 18 anos e evolua até por mais 6 ou 8 anos.

Causas

 Sabe-se que o ceratocone é hereditário, ou seja, pessoas com histórico da doença na família tem grandes chances de desenvolver o problema. Outro fator que favorece o aparecimento é coçar os olhos com muita frequência, comportamento comum em pessoas alérgicas.

Sinais e sintomas

 O principal sintoma do ceratocone é a diminuição da acuidade visual ou visão borrada. Veja outros sintomas:

  • Excesso de sensibilidade à luz
  • Fantasmas na imagem
  • Fadiga ocular
  • Baixa acuidade visual especialmente à noite
  • constante aumento de grau

Os sintomas podem estar relacionados à presença de outros problemas oculares. Para realizar um diagnóstico seguro, consulte um oftalmologista.

Diagnóstico

 O diagnóstico do ceratocone é relativamente simples. O médico realiza exame clínico e pode solicitar exames como a topografia corneana , que serve para avaliar, respectivamente, a curvatura e a espessura das córneas.

Tratamentos

 O tratamento do ceratocone visa sempre proporcionar uma boa visão ao paciente, bem como garantir seu conforto na utilização dos recursos que serão empregados (óculos, lentes de contato, cirurgias) e principalmente preservar a saúde da córnea. As alternativas de tratamento sempre são avaliadas nesta ordem: óculos, lentes de contato, lentes de contato especiais e cirurgias.

Não há comentários ainda.

Seja o primeiro a avaliar “CERATOCONE”